Substituto de Vilas-Boas segue sem definição duas semanas após exoneração polêmica

Foto: Divulgação/Sesab

A secretaria da Saúde da Bahia segue sem titular duas semanas após a exoneração do médico cardiologista Fábio Vilas-Boas. De acordo com a Secretaria da Comunicação, todos estão na expectativa pelo novo nome, mas o governo continua sem atualizações. Até o momento, o posto é ocupado interinamente pela subsecretária Tereza Paim, que viajou com o governador para um ciclo de entregas da Saúde no oeste baiano. 

Durante esses 14 dias desde a saída polêmica de Vilas-Boas, foi possível ter alguns vislumbres do novo nome. De acordo com informações apuradas pelo Metro1, o ex-ministro do Ministério da Saúde na gestão de Dilma Rousseff (PT), o médico sanitarista Arthur Chioro, foi convidado pelo governo da Bahia para substituir Vilas-Boas. Por problemas pessoais, no entanto, Chioro recusou o convite. 
Além disso, informações obtidas pelo Jornal da Metropole apontam a intenção de uma continuidade de projeto, caso o atual senador Jaques Wagner (PT) seja eleito como governador do estado no pleito de 2022. Com isso, o nome do novo titular passa também por Wagner, que opina na escolha. 

Ainda segundo fontes ouvidas pelo JM, Rui Costa busca agora um nome técnico, fora da gestão, para substituir Vilas-Boas.

O ex-secretário foi exonerado do cargo no dia 3 de agosto, após serem divulgadas as ofensas que fez contra a chef de cozinha Angeluci Figueiredo, dona do restaurante Preta, em Ilha dos Frades. Em mensagens de celular, Vilas-Boas chamou Angeluci de "vagabunda".


*Metro1

Nenhum comentário:

Postar um comentário