Bolsonaro afirma ser contrário à realização do Carnaval de Salvador, mas diz que decisão não cabe a ele

Foto: Alan Santos/PR

O presidente Jair Bolsonaro disse, nesta quinta-feira (25), ser contrário à realização do Carnaval de Salvador em 2022. No entanto, Bolsonaro afirmou que não cabe a ele decidir se haverá ou não a festa e, sim, aos prefeitos e governadores. As declarações foram dadas à Rádio Sociedade.

Além disso, Bolsonaro considerou que a realização do Carnaval em 2020, quando ainda não havia confirmação de nenhum caso de Covid-19 no Brasil, foi um dos fatores responsáveis pela disseminação do vírus.

O presidente também buscou não se aprofundar no assunto, por considerar que poderia ser gerado "uma nova polêmica".

*Metro1

Nenhum comentário:

Postar um comentário