Brasil é 142º no ranking de participação de mulheres na política

Foto: Michel Jesus/Câmara dos Deputados

No ranking internacional de participação de mulheres na política, de 192 países, o Brasil ocupa o 142° lugar. O dado reflete a disparidade entre o número de parlamentares do sexo feminino e masculino no país.

A realidade brasileira se contrapõe aos vizinhos latino-americanos. A Argentina, por exemplo, aparece na 21ª posição no ranking. Em toda a América Latina, apenas o Haiti figura atrás do Brasil na lista, atualizada em outubro deste ano.

Segundo levantamento feito pelo jornal Folha de S. Paulo, no Brasil, as mulheres representam apenas 15% da Câmara dos Deputados. No Senado, este número é ainda menor. Da bancada de senadores eleitos em 2018, 11,58% são do sexo feminino.
Já nas Câmaras Municipais, a porcentagem feminina aumenta, mesmo que muito pouco. Em 2020, foram eleitas 898 vereadoras, o que corresponde a 16,51% dos assentos, embora as mulheres representem 52,50% do eleitorado brasileiro.

*Metro1

Nenhum comentário:

Postar um comentário