CBF admite erro de arbitragem em pênalti contra o Bahia, a favor do Flamengo

Foto: Marcelo de Melo/Gazeta Press

Por meio de um parecer, divulgado na quarta-feira (17), a Confederação Brasileira de Futebol (CBF) assume que a arbitragem falhou ao marcar um pênalti a favor do Flamengo, contra o Bahia, em partida válida pelo Campeonato Brasileiro, na última quinta-feira (11).
 
No jogo, o árbitro Vinicius Gonçalves Dias Araújo marcou toque de mão na bola dentro da área, por parte do zagueiro Germán Conti, do tricolor, mesmo depois que o VAR explicitou que não houve penalidade. 
 
“As infrações de mão só ocorrem quando há efetivo contato da bola com a mão/braço de um jogador. Assim, ao analisar os lances da espécie, cabe ao VAR, antes de tudo, se certificar se houve o indispensável contato. Só a partir daí é possível considerar as circunstâncias do toque para definir se houve ou não infração”, afirma o documento da CBF. No áudio divulgado pela entidade, da cabine do VAR, Araújo diz que houve "uma ação de bloqueio e corre o risco" de pênalti.Logo após a referida partida, na qual o Bahia perdeu por 3 a 0, o presidente da equipe nordestina Guilherme Bellintani, concedeu entrevista exclusiva ao De Placa e sugeriu que haja um "movimento estruturado" para favorecer alguns times na briga contra o rebaixamento. O erro também resultou na demissão do então presidente da Comissão de Arbitragem da CBF, Leonardo Gaciba.

*Metro1

Nenhum comentário:

Postar um comentário