COP26: Assinado por 200 países, texto final defende redução de combustíveis fósseis

Foto: Shutterstock

A 26ª conferência do clima da ONU, a COP26, terminou neste sábado (13). O texto final, aprovado por cerca de 200 países, defende a redução dos subsídios aos combustíveis fósseis e do uso do carvão. O livro de regras do Acordo de Paris também foi finalizado e os países se comprometeram a financiar U$S 100 bilhões por ano até 2025.

O texto final foi decidido em meio a falta de consenso entre as nações, depois de três rascunhos divulgados nos últimos dias. O documento mudou o termo “eliminação” por “redução” em relação ao uso do carvão e subsídios aos combustíveis fósseis, a pedido da Índia. 
Atualmente, os maiores responsáveis pelo aquecimento global são Estados Unidos, China, União Europeia, Rússia, Índia e Brasil.

*Metro1

Nenhum comentário:

Postar um comentário