França proíbe venda de cães e gatos em pet shops

Foto: Reprodução

A França aprovou um projeto de lei, na última quinta-feira (18), que proíbe a venda de filhotes de cães e gatos em pet shops a partir de 2024 e acaba, progressivamente, com a presença de animais em circo. A nova lei se propõe a combater o abuso de animais. 

O ministro da Agricultura francês, Julien Denormandie, comemorou a nova lei. Em uma rede social, ele disse que “animais de estimação não são nem brinquedos, nem mercadorias, nem produtos de consumo”, além de considerar a lei como um "importante avanço" no combate ao abandono de animais. A França registra números alarmantes nesse sentido, cerca de 100.000 animais de estimação são abandonados por ano.
Além disso, o projeto aprovado também torna as punições mais rígidas para quem abandonar ou maltratar animais. 

*Metro1

Nenhum comentário:

Postar um comentário