Velas são acesas em frente a Basílica Bonfim, na Bahia, para homenagear vítimas da Covid-19

Foto: Arquivo pessoal

Velas foram acessas no início da noite desta última quinta-feira (25), na Basílica do Bonfim, uma das principais de Salvador, em homenagem às mais de 600 mil vítimas da Covid-19 no Brasil. Foram 600 velas eletrônicas.

A ação, organizada pela Pastoral Arquidiocesana da Educação, reuniu representantes dos colégios católicos localizados no território da Arquidiocese de Salvador

Segundo a arquidiocese, o ato também tem como objetivo prestar apoio aos familiares e amigos das vítimas da pandemia. Nesta quinta, por exemplo, faz 30 dias da morte do maestro Letieres Leite, músico baiano que faleceu após insuficiência respiratória, em decorrência da Covid-19.

A homenagem foi presidida pelo bispo auxiliar da Arquidiocese de Salvador, Dom Dorival Souza Barreto Júnior. As velas eletrônicas foram acesas por estudantes, pais e funcionários de colégios católicos que fazem parte do território da Igreja Primacial do Brasil.

*G1

Nenhum comentário:

Postar um comentário