Coreia do Sul anuncia teste PCR capaz de detectar nova versão da Ômicron

Foto ilustrativa: Reprodução / Sesab

A Coreia do Sul anunciou nesta sexta-feira (24) que desenvolveu um teste do tipo PCR capaz de detectar a presença do SARS-CoV-2 e também de identificar rapidamente as cinco principais variantes conhecidas, inclusive a Ômicron. A notícia é vista de forma positiva pela comunidade científica por que, como anunciando no inicio do mês, os já tradicionais testes do tipo não são capazes de detectar a Ômicron.

De acordo com a Agência para o Controle e a Prevenção de Enfermidades Infecciosas da Coreia (KDCA), o desenvolvimento do teste converte o país no primeiro do mundo capaz de detectar num só teste as cinco variantes mais comuns: Alfa, Beta, Gamma, Delta e Ômicron. 

Conforme divulgou a Agência Brasil, o  kit, que teve desenvolvimento público-privado, começará a ser usado na Coreia do Sul a partir do próximo dia 30, no momento em que ocorre a rápida propagação da Ômicron, mais contagiosa do que as demais variantes.
Por meio de um comunicado, a diretora da KDCA, Jeong Eun-Kyeong, assegurou que o novo PCR pode detectar qual é a variante da infecção três ou quatro horas após o teste,. Acrescentou que atualmente, após a confirmação de uma infecção por covid-19, "demorava-se de três a cinco dias" para determinar se se travava de Ômicron.


*Bahia Notícias
 

Nenhum comentário:

Postar um comentário