Mulher com certificado de vacinação falso morre de Covid na França

Foto: Reprodução MSF

Uma francesa de 57 anos, sem nenhum fator de risco, morreu em decorrência da Covid-19, em um hospital de Paris, no início de dezembro. A mulher usava um certificado de vacinação falso, comprado por cerca de 200 euros.

O caso gerou revolta entre os médicos da unidade. Segundo eles, a mulher poderia ter sido salva, já que o tratamento seria diferente e o risco de doença grave poderia ter sido reduzido.

Segundo informações do jornal O Globo, ao ser hospitalizada, a mulher mentiu garantindo ter a vacinação completa.

As equipes médicas iniciaram o tratamento, seguindo o protocolo aplicado às pessoas vacinadas e sem comorbidades. Alertada pela gravidade do caso, a equipe médica realizou vários exames complementares, entre eles um teste de pesquisa de anticorpos contra o coronavírus, que revelaram que a francesa não havia sido vacinada.

Segundo autoridades francesas, estima-se que 36 mil certificados de vacinação falsos circulem no país.

*Metro1

Nenhum comentário:

Postar um comentário