Com alagamentos, aumenta demanda por colchões em base logística no sul da Bahia

Foto: Divulgação

Com cerca de 90 mil pessoas desabrigadas ou desalojadas por conta das fortes chuvas no sul da Bahia, aumentou a demanda de colchões pelos 23 municípios atendidos pela Base Logística de Itabuna. 

De acordo com o coordenador da unidade, tenente Bruno Lopes Campos, além dos colchões, água e cestas básicas, a unidade já ofertou outros 14.667 itens e estão prontos para a distribuição 35.084 donativos, como leite, arroz, fraldas, feijão, roupas , sapatos, produtos de higiene e limpeza e outros. 

“No momento, estamos priorizando o recebimento de colchões, pois é uma carência enorme das famílias afetadas. Com o apoio da Casa Civil e doadores independentes, já distribuímos mais de 2 mil unidades e ainda temos mais 197 com os destinos  definidos”, disse o coordenador, acrescentando que o funcionamento da base é das 8h às 18h.
O militar ressaltou que até o momento o local conta com 47 pessoas entre bombeiros militares, alunos, soldados do Exército Brasileiro e voluntários, entre eles algumas pessoas que tiveram seus bens perdidos com as enchentes. 

Além de Itabuna, a base da cidade envia materiais para o municípios de Valença, Florestal Azul, Itapé, Ibicaraí, Itajuípe, Itapetinga, Ituberá, Arataca, Aurélio Leal, Santa Cruz de Vitória, Buerarema, Coaraci, Dário Meira, Igrapiuna, Itapitanga, Ituberá, Jussari, Mascote, Piraí do Norte, Tapeorá e Ubaitaba.

*Metro1

Nenhum comentário:

Postar um comentário