Ministério da Saúde não vai exigir receita médica para vacinar crianças contra Covid

Foto: Otávio Santos / Secom PMS

O Ministério da Saúde incluiu as crianças de 5 a 11 anos no Plano Nacional de Imunização e divulgou na tarde desta última quarta-feira (5) as regras para a imunização do grupo — que não exigirá receita médica.

A pasta orienta que os pais "procurem a recomendação prévia de um médico antes da imunização", mas a prescrição médica não é obrigatória para aplicar a vacina. A autorização por escrito também só será necessária se não houver pai, mãe ou responsável presente no momento em que a criança for vacinada.
Além disso, a vacinação será feita em ordem decrescente de idade (das crianças mais velhas para as mais novas), com prioridade para quem tem comorbidade ou deficiência permanente. E a primeira e a segunda dose serão aplicadas com intervalo de oito semanas.

*Metro1

Nenhum comentário:

Postar um comentário