AVC. Sete hábitos que ajudam (e muito) a evitar 'assassino silencioso'

© iStock

O acidente vascular cerebral (AVC) é uma emergência médica e a rapidez no atendimento pode fazer toda a diferença, determinar a severidade dos danos e o grau de sucesso do tratamento. Ninguém está livre de risco. Ainda assim, há hábitos que podem ajudar a reduzi-lo, como mostra um estudo publicado na revista Journal of the American Heart Association.
 
Os investigadores acompanharam adultos com idades entre os 45 e os 64 anos com cerca de 28 anos e reuniram os sete melhores hábitos para evitar um AVC. Veja abaixo:
1- Seguir uma dieta equilibrada;

2- Praticar exercício físico regularmente;

3- Não fumar;

4- Manter um peso adequado;

5- Controlar a pressão arterial;

6- Monitorar o colesterol;

7- Reduzir os níveis de açúcar no sangue.

A doença não só afeta o cérebro como pode provocar uma deficiência súbita, por entupimento (AVC isquêmico) ou ruptura (AVC hemorrágico) de uma artéria cerebral. 

*Notícias ao Minuto

Nenhum comentário:

Postar um comentário