Zoológico de Salvador deve cobrar entrada de R$7,50 no primeiro ano de concessão

Foto: Divulgação

Daqui a pouco mais de sete anos, quem quiser visitar o Parque Zoobotânico Getúlio Vargas, o zoológico de Salvador, deve precisar pagar uma entrada de R$60. O parque, administrado pelo Instituto do Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Inema), está em processo de concessão à iniciativa privada. 

A Secretaria Estadual do Meio Ambiente (Sema) esclarece, no entanto, que o ingresso custará R$ 7,50 no primeiro ano de concessão, com aumentos para valor próximo a R$ 15,00 a partir do terceiro ano, e chega a R$ 60,00 a partir do 7º ano, após a realização dos principais investimentos previstos. 

O leilão do parque está marcado para setembro, em São Paulo, com valor de contrato estimado em R$ 121.978.050,59. O prazo de vigência da concessão será de 30 anos, contados da data de eficácia do contrato e poderá ser prorrogado por, no máximo, cinco anos.
Para diminuir o peso do ingresso, o Governo da Bahia ressalta que será ofertado gratuitamente à sociedade um espaço composto por quadra poliesportiva, playground temático e área de avistamento de baleias jubartes, que compreende a estrutura do Eco Parque Zoobotânico.

Durante o período de concessão, o preço do ingresso social, para os cadastrados no CadÚnico também permanecerá em R$ 1. Serão isentos do pagamento de ingresso ainda crianças com até 6 anos de idade.

"Vale destacar que a  concessão não tira do Estado à participação de gestão da unidade, que continuará exercendo sua função essencial de gestão de fauna, de conservação das espécies, de garantia do bem-estar animal e de zelo pelo patrimônio público", afirma Sema em nota. 


*Metro1

Nenhum comentário:

Postar um comentário