Gabriel Diniz tem álbum póstumo gravado por Inteligência Artificial

Foto: Divulgação

O pai do cantor Gabriel Diniz anunciou que vai lançar um álbum póstumo do filho no dia 18 de outubro. O disco é chamado "Não é, mas poderia ser" e foi desenvolvido usando inteligência artificial e contém faixas inéditas.

"O Gabriel foi um gigante pioneiro ousado quanto à concretização de várias ideias e muitos projetos inovadores! Agora, com o avanço da Inteligência Artificial, não poderia ser diferente!" disse Cinzato Diniz nas redes sociais.

O lançamento será no dia que o cantor completaria 32 anos. A novidade causou polêmica, e muitas pessoas comentaram no post de Cinzato Diniz que a morte do cantor deveria ser respeitada.
"Sei que para os fãs isso vai ser algo incrível até demais, mas fico me perguntado até aonde vai a cobiça do ser humano trazer a voz de alguém que já não está entre nós pra ganhar dinheiro", escreveu um internauta. Por outro lado, muitos fãs celebraram o novo disco.

Gabriel Diniz morreu no dia 27 de maio de 2019, vítima de um acidente aéreo, no povoado Porto do Mato, em Estância, na região sul de Sergipe.

*Bahia Notícias

Nenhum comentário:

Postar um comentário