Bahia quer ao menos R$ 269 milhões para vender meio-campista Cauly ao Palmeiras

Foto: Felipe Oliveira/EC Bahia

Interesse do Palmeiras, o meio-campista Cauly não será negociado por pouco pelo Bahia. O time quer 50 milhões de euros, equivalente a R$ 269 milhões, para desistir do jogador que se destacou ao vestir a camisa do Tricolor no Campeonato Brasileiro. 

O valor apresentado pelo Bahia equivale a multa rescisória do jogador, de acordo com o Uol. Portanto, se o Palmeiras seguir a linha da primeira proposta que fez para ter Cauly como reforço, de aproximadamente R$ 24 milhões, ela dificilmente será aceita.

A possível permanência do meio-campista no Tricolor já havia sido prevista pelo novo presidente do time, Emerson Ferretti, eleito no último dia 2 de dezembro. “Rogério Ceni tem contrato até o final de 2024, então, a tendência é permanecer, nada muda em relação a isso. E Cauly também a tendência é que permaneça. Ele foi um destaque do Bahia no Campeonato Brasileiro e no ano", disse, em entrevista à ESPN.

*Metro1

Nenhum comentário:

Postar um comentário