Ministério da Saúde investirá R$ 55 mi para ações de combate a hanseníase

Foto: Divulgação/Secretaria Municipal da Saúde de Mesquita (RJ)

O Ministério da Saúde vai investir cerca de R$ 55 milhões para a prevenção e o tratamento da hanseníase no Brasil em 2024. O anúncio foi feito, na última terça-feira (23), durante o evento ‘Compartilhar Desafios: Janeiro Roxo 2024 - Uma jornada para a integração e avanços em hanseníase’, em Brasília. 

A medida faz parte da estratégia do ministério, no âmbito do Comitê Interministerial para Eliminação da Tuberculose e de Outras Doenças Determinadas Socialmente (Ciedds). 

A maior parte dos recursos, R$50 milhões, será repassada diretamente para 955 municípios pelo país. Os selecionados devem investir esses recursos em ações como aplicação de testes rápidos nos contatos de casos registrados a partir de 2023, resgate de casos em situação de abandono, dentre outros.
Os novos investimentos anunciados somam-se aos R$5 milhões, já liberados em 2023, pela pasta, para pesquisa e desenvolvimento nacional de uma vacina e novos testes para a doença. Juntamente com a Fiocruz,o ministério financia  o ensaio clínico para avaliar a eficácia da Lepvax, primeira vacina específica para hanseníase do mundo, que aguarda liberação da Anvisa para prosseguir os testes.  

De acordo com o Boletim Epidemiológico de Hanseníase 2024, o Brasil permanece em 2º lugar no ranking mundial de novos casos.

*Metro1

Nenhum comentário:

Postar um comentário