Ministério recebeu 430 mil denúncias de violações de direitos humanos em 2023

Foto: Geraldo Magela/Agência Senado

O Ministério dos Direitos Humanos recebeu 430 mil denúncias de violações de direitos humanos durante o ano de 2023. Os dados foram coletados pelos registros do Disque 100 e divulgados pela pasta na última sexta-feira (5).

O canal de denúncias registrou ainda  alta de violações. De acordo com o ministério, foram 2,8 milhões somente no último ano. Em 2022, havia sido contabilizado 1,5 milhão.    

A lista de violações contra direitos humanos inclui denúncias de violência física, sexual, psicológica, tortura, intolerância e discriminações, que atingem grupos vulneráveis, como crianças e adolescentes, idosos, pessoas com deficiência, em restrição de liberdade ou em situação de rua e população LGBTQIA+.
Segundo o Ministério dos Direitos Humanos, as principais vítimas das violações registradas são crianças e adolescentes, mais de 53% do total. 

Em média, foram registrados 625 casos por dia em 2023. A maior parte dos registros aponta casos de violação da integridade física e sexual, além de exposição de risco à saúde e abandono.

*Metro1

Nenhum comentário:

Postar um comentário