Brasil completa uma semana com média móvel de mortes por Covid acima de 800 por dia

Foto: Editoria de Arte/G1

O Brasil registrou nesta última segunda-feira (14) 464 mortes pela Covid-19 nas últimas 24 horas, totalizando 638.913 óbitos desde o início da pandemia. Com isso, a média móvel de mortes nos últimos 7 dias é de 885. Em comparação à média de 14 dias atrás, a variação foi de +46%, indicando tendência de alta nos óbitos decorrentes da doença.

Brasil, 14 de fevereiro:
Total de mortes: 638.913
Registro de mortes em 24 horas: 464
Média de mortes nos últimos 7 dias: 885 (variação em 14 dias: +46%)
Total de casos conhecidos confirmados: 27.541.131
Registro de casos conhecidos confirmados em 24 horas: 58.100
Média de novos casos nos últimos 7 dias: 133.713 por dia (variação em 14 dias: -28%)
O país também registrou 58.100 novos casos conhecidos de Covid-19 em 24 horas, chegando ao total de 27.541.131 diagnósticos confirmados desde o início da pandemia. Com isso, a média móvel de casos nos últimos 7 dias foi a 133.713. Em comparação à média de 14 dias atrás, a variação foi de -28%, indicando tendência de queda nos casos da doença pelo 4º dia.

A média móvel de vítimas da doença atinge agora um patamar quase 5 vezes maior do que estava às vésperas do ataque hacker que gerou problemas nos registros em todo o Brasil, ocorrido na madrugada entre 9 e 10 de dezembro. Na época, essa média indicava 183 mortos por Covid a cada dia.

Em Rondônia, que vinha registrando em média 5 mortes por dia pela doença, houve registro de 72 mortes em 24 horas. A secretaria estadual explicou que isso ocorreu devido à retificação de dados represados desde o ataque ao banco de dados do Ministério da Saúde até o presente.

Os números estão no novo levantamento do consórcio de veículos de imprensa sobre a situação da pandemia de coronavírus no Brasil, consolidados às 20h. O balanço é feito a partir de dados das secretarias estaduais de Saúde.

*G1

Nenhum comentário:

Postar um comentário