Governo considera liberar nova rodada de saques do FGTS

Foto: Agência Brasil

O governo federal considera disponibilizar mais saques ao Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) a cerca de 40 milhões de pessoas, totalizando cerca de R$ 30 bilhões. A nova rodada deve liberar valores de até R$ 1 mil por trabalhador, mas a quantia pode variar a depender do saldo atual da conta do profissional.

O saque do dinheiro já havia sido liberado em 2020 para atenuar os efeitos da crise econômica causada pela pandemia da Covid, em valores de até um salário mínimo, como medida emergencial. 

Ainda no governo de Michel Temer, em 2017, o uso do Fundo foi liberado em contas inativas nos casos em que o beneficiário pedia as contas da empresa, permissão não prevista originalmente.
Vale lembrar que o FGTS é constituído por um depósito mensal, de responsabilidade do empregador, correspondente a 8% do salário do funcionário amparado pela Consolidação das Leis do Trabalho (CLT).

*Metro1

Nenhum comentário:

Postar um comentário