Três doses contra Covid protegem por mais tempo do que se imaginava, mostram novos estudos

Foto: Agência Brasil

Três doses de uma vacina contra Covid – ou mesmo apenas duas – são suficientes para proteger a maioria das pessoas de doenças graves e morte por um longo tempo, sugerem os estudos. A informação foi divulgada pelo jornal O Globo.

Embora as pessoas com mais de 65 anos ou com alto risco de doença possam se beneficiar de uma quarta dose de vacina, esse reforço pode ser desnecessário para a maioria das pessoas, disse John Wherry, diretor do Instituto de Imunologia da Universidade da Pensilvânia.  

A variante Ômicron consegue driblar anticorpos produzidos após duas doses de uma vacina contra a Covid. Mas uma terceira dose das vacinas de mRNA feitas pela Pfizer-BioNTech ou pela Moderna leva o corpo a produzir uma variedade muito maior de anticorpos, o que seria difícil para qualquer variante do vírus escapar, de acordo com o estudo mais recente, publicado online na última terça-feira (15). 

*Metro1

Nenhum comentário:

Postar um comentário