Vistoria em unidade prisional na Região Metropolitana de Salvador apreende facas e celulares

Foto: Divulgação

Uma vistoria feita por policiais penais da Colônia Penal de Simões Filho, na Região Metropolitana de Salvador, apreendeu diversos objetos cortantes, como facas, navalhas e facões, além de drogas, balanças de precisão, celulares com carregador e vários outros tipos de objetos ilícitos utilizados dentro da unidade prisional.

A revista ocorreu na última sexta-feira (25). Segundo os policiais penais, foram localizados 24 objetos cortantes, 30 celulares e drogas nas celas revistadas.

No entanto, de acordo com o presidente do Sindicato dos Servidores Penitenciários da Bahia, Reivon Pimentel, já no sábado (26), diversos objetos foram arremessados da área externa através do muro que dá acesso ao pátio. A ação foi registrada, mas segundo o sindicato, devido a falta de efetivo, não houve intervenção.
Segundo o sindicato, a unidade não tem um sistema de bloqueio de sinal de telefonia móvel, o que facilita a comunicação entre os detentos e as pessoas que estão fora da prisão.

“Nós do Sinsppeb estamos denunciando a fragilidade da segurança no entorno das unidades prisionais há mais de uma década, e é preciso que alguma providência seja adotada pelo governo do Estado para evitar a continuidade dessas ações”, criticou Reivon.

A Secretaria de Administração Penitenciária e Ressocialização da Bahia não comentou o caso.


*G1

Nenhum comentário:

Postar um comentário