Fevereiro chega ao fim como pior mês de contágio por Covid no país

Foto: Editoria de Arte/G1

O Brasil registrou nesta última segunda-feira (28) 21.731 novos casos conhecidos de Covid-19 em 24 horas, chegando ao total de 28.764.822 diagnósticos confirmados desde o início da pandemia. Com isso, a média móvel de casos nos últimos 7 dias foi a 76.497 - completando uma semana abaixo da marca de 100 mil. Em comparação à média de 14 dias atrás, a variação foi de -40%, indicando tendência de queda nos casos da doença.

Fevereiro chega ao fim como o mês com o maior contágio de Covid registrado em toda a pandemia até aqui, mesmo com apenas 28 dias. Foram 3.331.967 casos conhecidos a mais neste mês, acima dos 3.168.732 anotados em janeiro, o segundo pior mês nesse aspecto até o momento.
Brasil, 28 de fevereiro:
Total de mortes: 649.443
Registro de mortes em 24 horas: 248
Média de mortes nos últimos 7 dias: 678 (variação em 14 dias: -20%)
Total de casos conhecidos confirmados: 28.786.072
Registro de casos conhecidos confirmados em 24 horas: 21.250
Média de novos casos nos últimos 7 dias: 76.497 por dia (variação em 14 dias: -40%)
Em seu pior momento, a média móvel de casos superou a marca de 188 mil casos conhecidos diários, no dia 31 de janeiro deste ano (quase 2,5 vezes a média atual).

O país também registrou 248 mortes pela Covid-19 nas últimas 24 horas, totalizando 649.443 óbitos desde o início da pandemia. Com isso, a média móvel de mortes nos últimos 7 dias é de 678 - pelo 2º dia abaixo da marca de 700, após 23 dias acima. Em comparação à média de 14 dias atrás, a variação foi de --20%, indicando tendência de queda nos óbitos decorrentes da doença pelo segundo dia seguido.

Amapá e Roraima não registraram mortes nesta segunda. Amazonas não divulgou novos dados de óbitos e casos; em nota, a secretaria amazonense informou que a divulgação está interrompida temporariamente devido a subnotificações em decorrência do feriado prolongado e deve retornar na quarta-feira (2).

A média móvel de vítimas da doença está em um patamar mais de 3 vezes maior do que estava às vésperas do ataque hacker que gerou problemas nos registros em todo o Brasil, ocorrido na madrugada entre 9 e 10 de dezembro. Na época, essa média indicava 183 mortos por Covid a cada dia.

Os números estão no novo levantamento do consórcio de veículos de imprensa sobre a situação da pandemia de coronavírus no Brasil, consolidados às 20h. O balanço é feito a partir de dados das secretarias estaduais de Saúde.


*G1

Nenhum comentário:

Postar um comentário