Anvisa mantém máscaras obrigatórias em aeronaves, mas libera serviço de bordo

Foto: Matilde Campodonico/AP

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) atualizou nesta última quinta-feira (12) suas medidas de proteção sanitária contra a Covid-19 em aeroportos e aeronaves.

Com as novas regras, o uso de máscaras faciais permanece obrigatório em aviões e áreas restritas de aeroportos, mas o serviço de alimentação a bordo poderá ser retomado a partir do dia 22 de maio.

Segundo a agência, a decisão da diretoria colegiada (órgão máximo da Anvisa) considera o cenário epidemiológico atual, no qual o risco de exposição de viajantes está bastante reduzido.

A Agência recomenda que os serviços de bordo sejam os mais breves possíveis, de forma a não prejudicar significativamente o uso de máscaras de proteção facial pelos viajantes.
"Recomenda, também, que todos os resíduos sólidos gerados pelo serviço de bordo sejam recolhidos o mais breve possível, sendo que especial atenção deve ser dada aos objetos que possam ter tido contato direto ou indireto com a boca do viajante, como copos, pratos, garfos e outros", disse a Agência, em nota.

O retorno do uso da capacidade máxima para transporte de passageiros também foi autorizado pela agência.


*G1

Nenhum comentário:

Postar um comentário