Cansaço e outros sintomas de uma das infecções mais letais do mundo

© Shutterstock

Em todo o mundo, o grande problema da infecção HIV/Aids é o diagnóstico tardio. Podem existir sintomas, mas muitas vezes passam despercebidos ou são desvalorizados pelos doentes, que chegam à emergência com queixas de uma gripe.
 
Inicialmente, o HIV pode evoluir silenciosamente. E são esses doentes que estão infectados e ainda não o sabem que mais transmitem a infecção a outras pessoas com quem têm contato sexual. Isto porque é nesse período que o vírus se instala, começa a invadir e a destruir os linfócitos, as células responsáveis pelas nossas defesas, e a multiplicar-se. 

Após contrair a infeção podem existir sintomas como:
  • Febre;
  • Dores de cabeça;
  • Cansaço;
  • Gânglios inflamados no pescoço e virilhas.
Numa fase mais avançada, pode ocorrer: 

  • Perda rápida de peso;
  • Infecções graves;
  • Pneumonia;
  • Diarreia prolongada;
  • Lesões na boca, ânus ou genitais;
  • Perda de memória;
  • Depressão;
  • Outros distúrbios neurológicos.
Faça acompanhamento e exames regularmente, de acordo com seu médico. Atualmente há diversos medicamentos que podem controlar a doença e os pacientes, inclusive, podem chegar a ter carga viral indetectável, diminuindo o risco de transmissão da doença. Além de reforçar o sistema imunológico e aumentar a qualidade de vida.


*Notícias ao minuto

Nenhum comentário:

Postar um comentário