Mais de 100 aves são resgatas e 11 pessoas foram presas em feira de Salvador


Guarnições da Companhia Independente de Polícia de Proteção Ambiental (Coppa) detiveram em flagrante 11 pessoas e resgataram 104 aves silvestres quando elas estavam prontas para serem comercializadas em uma feira, no bairro do Largo do Tanque, no início da manhã do último domingo (29).

As espécies das aves resgatadas encontradas em gaiolas foram jandaia, cardeal, papa capim, periquito, cólera, pássaro preto, curió, sabiá, canário, pardal, sanhaço, sendo a maioria delas papa capim, canário e cardeal. 

Manter em cativeiro e comercializar aves silvestres configura crime ambiental previsto em lei (Lei Federal nº 9.605/98). Os homens foram encaminhados à Central de Flagrantes, onde a ocorrência foi registrada, e as aves foram entregues ao Centro de Triagem de Animais Silvestres (Cetas).
“Apesar de ser uma prática difundida culturalmente, manter animais silvestres em cativeiro é crime e continuaremos atuando tendo por norte o amparo técnico e seguro a quem necessita. A PM atua em defesa de quem mais precisa”, ressalto o major Sérgio Dias, comandante da Coppa.

*Bahia Notícias/Foto: Divulgação / SSP-BA

Nenhum comentário:

Postar um comentário