PF prende homem que abusava da própria enteada e vendia imagens na Deep Web

Foto: Imagem Ilustrativa: Marcelo Casal Jr. / Agência Brasil

A Polícia Federal (PF) prendeu um homem de 36 anos anos em Camaçari, na Grande Salvador, investigado pela prática de abuso sexual e estupro contra sua enteada, uma adolescente de 12 anos.

A investigação foi iniciada em 2021 e, durante o trabalho, foi possível encontrar indícios de que o indivíduo, além de produzir material em mídia contendo abuso sexual da enteada, guardava cuidadosamente e negociava as imagens. A PF está investigando a venda do material por meio da Deep Web, camada da Internet invisível aos sites de busca e por isso acaba sendo usada também por criminosos.   

Os delitos praticados pelo preso tem  penas previstas de 08 até 15 anos de prisão. A prisão preventiva foi deferida pela 2ª Vara de Camaçari, providência necessária para encerrar imediatamente o perigo a que a vítima era submetida, uma vez que convivia com o abusador no seio da família, dele dependendo economicamente.
Segundo a PF, outras providências de cunho psicossocial para assistir a menor e sua família devem ser adotadas pela rede de apoio de Camaçari, já tendo sido notificado o Conselho Tutelar.

*Metro1

Nenhum comentário:

Postar um comentário