Quatro hábitos que 'sugam' a energia e fazem disparar a ansiedade

© Shutterstock

Preocupação, impotência, medo. São tudo sintomas normais de ansiedade. Porém, se forem acompanhados de palpitações, insônias, dores no peito e falta de ar podem requerer ajuda especializada.

Porém, alguma vez se perguntou o que pode estar na origem dessas crises? Em declarações ao portal Metrópoles, a psicóloga Mônica Machado compartilhou quatro comportamentos que desencadeiam altos níveis de ansiedade. Veja:

1- 'Sabotar' a hora de acordar

É daquelas pessoas que adia o despertador de 10 em 10 minutos? Não é boa ideia. Segundo a especialista, esse hábito pode contribuir para um 'modo automático' de procrastinação, diminuindo as horas do dia para cumprir todas as tarefas. Assim, a jornada será uma correria. 
2- Agenda muito preenchida, mas sem tempo reservado para a vida pessoal

De nada serve preencher todos os minutos do dia se não reserva tempo para o seu bem-estar. No final do dia, a sensação será de vazio. "Tirar tempo para nós e para as nossas prioridades não é egoísmo, é oxigênio para a nossa vida. Se cuidamos de nós, estamos melhores para cuidar dos outros. Os nossos dias passam a ter mais significado", explica.

3- Comparações

A comparação e a cópia são hábitos destrutivos. Deve tentar ser a melhor versão de si próprio. 

4- Ver o copo meio vazio

Pensamentos negativos atraem mais negativismo. Ver o lado bom das situações tem um efeito poderoso. "Um exercício fácil para entrar neste novo modo é praticar a gratidão. Pode começar agradecendo diariamente por três coisas positivas que aconteceram no seu dia", recomenda a psicóloga.


*Notícias ao Minuto

Nenhum comentário:

Postar um comentário