Conselho de Saúde defende busca ativa para dose de reforço e medidas nas escolas

Foto: Fábio Rodrigues-Pozzebom/Agência Brasil

O Conselho Estadual de Saúde da Bahia (CES-BA) defende que as prefeituras municipais façam busca ativa dos faltosos da dose de reforço da vacina contra o novo coronavírus, devido ao aumento de casos de Covid-19 nas últimas semanas.

No contexto das aguardadas festas de São João no interior do estado, os administradores das cidades devem ser claros ao orientar que as pessoas com sintomas gripais fiquem em casa e continuem usando máscaras.

“Os prefeitos e secretários de saúde da Bahia não podem baixar a guarda. A vacina precisa chegar até as pessoas. A covid-19 continua aí e essa doença gera sequelas mesmo em casos leves. Não podemos esperar que os piores cenários voltem, precisamos agir antes”, diz Marcos Sampaio, presidente do conselho.
Diante das reinfecções, o órgão salienta que também é falsa a lógica de não tomar a terceira e quarta doses por já ter contraído Covid-19. 

No entendimento do CES, as medidas de segurança sanitária devem continuar sendo tomadas de forma coordenada entre estado e municípios. É necessário apostar na informação para a população, avançar na campanha de vacinação dos faltosos e dos estudantes das escolas públicas e privadas da Bahia, além de buscar os idosos aptos para a 4??ª dose em suas residências. 

O CES-BA defende, ainda, que sejam garantidos os direitos dos agentes comunitários de saúde para que estes possam atuar efetivamente na estratégia contra a alta de casos de covid-19 e arboviroses, como dengue e chikungunya.


*Bahia Noticias

Nenhum comentário:

Postar um comentário