Delegacia de Brumado identifica e indicia 'golpista do Tinder'

Foto: Google Street View

Um homem acusado de criar perfis falsos em redes sociais utilizando imagens de outras pessoas e oferecendo fotos íntimas em troca de dinheiro foi indiciado na manhã desta última quinta-feira (9), após a conclusão do Inquérito Policial realizado pela 20ª Delegacia Territorial de Brumado.

Ele pegava fotos sem autorização e criava perfis no WhatsApp e Tinder. “Nestes aplicativos, ele oferecia fotos íntimas em troca de valores a serem transferidos via Pix. Como não recebiam as fotos após o pagamento, estas pessoas iam procurar as vítimas na sua conta verdadeira do Instagram, oportunidade em que elas descobriram o que estava ocorrendo”, explicou o titular de Brumado, delegado Paulo Henrique de Oliveira. 

Após o trabalho investigativo, os policiais chegaram até o autor, que prestou esclarecimentos na delegacia. Ele foi indiciado por falsa identidade e difamação majorada, respondendo pelo caso em liberdade. “Aqueles que acham que praticar crimes em redes sociais ficarão impunes, vale ressaltar que estamos atentos e vamos identificar e localizar para que paguem pelos crimes cometidos”, finalizou o delegado. 

*Metro1

Nenhum comentário:

Postar um comentário