Polícia apreende 'supermaconha' escondida em ursinho de pelúcia na Bahia

Foto: Divulgação/PF

A Polícia Rodoviária Federal apreendeu em Vitória da Conquista, no sudoeste do estado, 147 papelotes de skunk, uma droga feita com o cruzamento de vários tipos de maconha. O material estava escondido dentro de um urso de pelúcia, que estava sendo transportado como uma encomenda por um ônibus de viagem. A apreensão ocorreu na tarde da última quarta-feira (13).

Agentes da PF estavam fiscalizando diversos veículos com o apoio dos cães farejadores. Um dos veículos parados por eles foi um ônibus de turismo que seguia de São Paulo com destino final à Teolândia, no sul da Bahia.

O cão K9 Kaleu foi utilizado para verificar a bagagem do veículo e rapidamente acusou a presença de substância ilícita em uma caixa de papelão. O material estava sendo transportado como encomenda no bagageiro inferior. Na caixa, os policiais encontraram um urso de pelúcia e dentro dele acharam os papelotes da droga.
O skunk é produzido em laboratório através de vários cruzamentos de tipos de maconha, chegando a ser considerada como uma “supermaconha”. Seus efeitos são semelhantes ao da maconha, mas potencializados.
 
De acordo com o registro da empresa de ônibus, a encomenda tinha como destino um povoado localizado na zona rural de Bendegó (BA). A droga foi encaminhada para a Delegacia de Polícia Judiciária, que ficará responsável pela investigação do caso.

*Metro1

Nenhum comentário:

Postar um comentário