Dívida pública do Brasil atinge valor mais alto da história

Foto: Divulgação

O estoque da Dívida Pública Federal (DPF) aumentou R$ 92,6 bilhões no mês de novembro, em relação a outubro, e totalizou R$ 5,87 trilhões — valor mais alto da história. Mais da metade desse valor são juros que o governo teve que assumir para continuar se financiando. As informações do Relatório Mensal da Dívida foram divulgadas na terça-feira (27) pelo Ministério da Economia.

A Dívida Pública Mobiliária Federal interna (DPMFi) teve seu estoque ampliado em 1,59%, passando de R$ 5,52 trilhões para R$ 5,61 trilhões. Já a Dívida Pública Federal externa (DPFe) registrou aumento de 1,89% sobre o estoque apurado em outubro e encerrou novembro em R$ 254,73 bilhões (US$ 48,12 bilhões).
O documento destaca que novembro foi marcado pelo aumento de apetite por risco, com dados de inflação dos Estados Unidos abaixo do esperado e expectativas de retomada da economia chinesa, com reflexo nos CDS (Credit Default Swap) emergentes. O mês também teve a curva de juros em forte alta, sinalizando preocupações do mercado com o âmbito fiscal.

*Metro1

Nenhum comentário:

Postar um comentário