Câmara aprova urgência para tornar Dia da Consciência Negra feriado nacional

Foto: Agência Câmara de Notícias

Por 303 votos a 115, a Câmara dos Deputados aprovou, nesta terça-feira (21), o requerimento de urgência para o projeto de lei que torna o Dia da Consciência Negra, comemorado em 20 de novembro, feriado nacional. 

Apenas os partidos PL e Novo orientaram contrários. Houveram ainda duas abstenções.

Segundo a Fundação Cultural Palmares, o Dia da Consciência Negra é feriado em seis estados e mais de mil municípios, estabelecido a partir de leis municipais e estaduais. Salvador não faz parte dessa lista, pois a cidade já conta com o limite permitido de feriados. 

A aprovação da urgência permite que a pauta seja analisada pelo plenário da Câmara sem a necessidade de passar por uma comissão especial, como prevê o rito de tramitação. Ainda não há previsão para que o mérito, ou seja, o conteúdo da matéria, seja analisado pelos deputados.
O Senado já votou a proposta em 2021. Se o projeto for aprovado como veio dos senadores, seguirá para sanção presidencial. Se for alterado pelos deputados, volta ao Senado para nova análise.

Nenhum comentário:

Postar um comentário